Maria Daniele – ID pessoal e Intransferível

DSC_0826
Foto: Aldair Pereira / Vinyle Café

No dia a dia todos a conhecem como Daniele – a famosa Dani. No mundo da moda, o seu currículo é um dos mais requisitados da cidade. Formada em Design de Moda pela Faculdade Católica do Ceará, antigo Marista, atualmente, ela é professora universitária na empresa IDECC/Uva, exercendo o cargo de coordenadora do núcleo IDECC Uva de Ensino Superior no Piamarta, e ensina no Instituto Brasileiro de Inclusão Social – IBIS, em Maracanaú. Leciona modelagem do vestuário na Escola Estadual de Educação Profissional Marvin e faz parte da equipe de Desenho de Moda do SENAI. Por fim, a banda larga do ofício não termina por aqui, pois para completar, ela é pós-graduada em Arte – Educação e Cultura pela Darcy Ribeiro e é estilista no Instituto Fiapo de Trapo de Arte e Cultura. Dá pra ver que a ‘teacher’ não é mole, não!

Agora, vamos direto ao ponto? Acredito que você deve estar pensando como eu a respeito do que vem a ser: “ID Pessoal e Intransferível”. Acertei? Assim, espero.  Bom, mas antes devo dizer tratar-se do segundo nome da marca autoral de T-shirts personalizadas, conhecida por Maria Daniele – ID Pessoal e Intransferível, onde a personalidade dos clientes serve de estampa principal na produção criativa do trabalho. Então, o segundo nome representa a identidade pessoal de cada cliente tornando-se o alvo exclusivo, ou seja, a cara da marca.

Hoje a moda é diferente, você tem que usar das novas artimanhas. Todo mundo copia uma roupa, agora, a essência que você vai colocar nela, o pensar que se coloca nela – isso é o ‘novo’. A estampa que você cria é que é nova. Então, ainda existe um atraso muito grande de como fazer moda, destaca.

11032412_450240185145301_5687053365187700941_nTudo começou por meio da aptidão com o desenho nos tempos de estudante. Foi quando participou do concurso nacional lançado pela revista de moda Criativa com o tema: “crie uma t-shirt criativa”. Naquele momento, a sua ideia foi (re)criar a camiseta levando a proposta do desenho. O resultado deu-lhe o segundo lugar na votação virtual pelos internautas. Na época, o sonho com a própria marca ainda não fazia parte dos seus planos, mas sem perceber aos poucos a marca estava surgindo, acontecendo, vindo a sua procura, como uma voz a lhe chamar. A participação no concurso trouxe o reconhecimento na carreira entre os amigos e outros profissionais no mundo fashion, além da chance de um bom negócio que movimenta criatividade e renda financeira hoje em dia.

Eu sempre tive a alma da arte. O caminho para a moda é por que eu sabia que poderia fazer algo que gostava onde as pessoas se identificavam. Sem querer repetir desenhos, eu cheguei à conclusão de fazer uma imagem por pessoa –, é a sua identidade, e isso se transforma pessoal e intransferível, afirma Daniele.

A marca que leva seu nome já tem cinco anos no mercado autoral. É com a ajuda da tecnologia que consegue fazer o marketing de publicidade nas redes sociais com a fanpage no facebook.  Nesse período, a internet foi tornando-se a grande aliada na conquista de um público fiel e alternativo. Basta surgir uma novidade na página para chover comentários do tipo: “Eu quero, eu querooo!” Sem esquecer as loucas curtidas. Pra quem não sabe, foi lançada recentemente duas novas linhas da marca, – a ‘Made for an Angel’, para o público infantil e Danipersonawork, com o foco de t-shirts divertidas para trabalho.

Não existe essa história do glamour. A passarela já não cabe em nosso contexto atual. Nós não consumimos moda, nós consumimos roupas das grandes feiras, as sacoleiras, etc. Tudo isso vende roupa, não vende estilo. Hoje o interessante é ser exclusivo. É ser individual dentro de um coletivo, destaca. 

O trabalho estilizado tem um perfil totalmente handmade (artesanal) ao utilizar as técnicas do desenho e as matérias-primas que dão vida ao sonho das pessoas. Entre tecido, modelagem, tinta e canetas especiais são produzidas as desejadas t-shirts da Maria Daniele que recebe as mãos de fadas de sua costureira Zena, atendendo com eficiência o novo consumidor criativo.

No cotidiano, a rotina da estilista divide-se entre dar aulas, espiritualidade, casa, marido, por que ela é casada, claro, trabalho e os pedidos constantes da marca. Para tudo dar certo, ela assume diferentes versões para o dia fluir, inclusive, conciliar a agenda lotada. Com ela, não tem esse negócio de ficar parada. Por isso, é apaixonada pelo que faz.

12576160_1194644227215642_1996162523_nNa bagagem da profissional, encontramos as feras do universo fashion como Alexandre Herchocovitch, Lino Vilaventura e o design britânico Mcqueen na lista de suas preferências. Em casa, seu lugar preferido para ficar, adora ouvir música do clássico ao brega enquanto faz faxina. A queda por doce é irresistível. Detalhe, uma pessoa? A declaração esperada: Tarcísio Lima. Como uma boa espiritualista, está lendo o livro Evolução em dois mundos de Chico Xavier e Waldo Vieira, pelo espírito André Luiz. Na vida, a família é tudo que faz sentido. Acreditar é o seu lema. E, onde está a felicidade? Dentro de você!

Falei! A mulher é um verdadeiro furacão. Tem resposta pra tudo, só tudo! Só não é o Etna, é Maria Daniele – ID pessoal e intransferível.  

Por: Lima Sousa/ Edição: Lima S./ Revisão: Fernanda Silvia Barroso/Agradecimentos: Fotógrafo: Aldair Pereira/ Bistrô: Vinyle Café -Rua Waldery Uchôa, 42 – Benfica, Fortaleza – CE.

Anúncios

Um comentário sobre “Maria Daniele – ID pessoal e Intransferível

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s