A fotografia imprime uma nova cara ‘aos que partiram desse mundo’.

TUDO PASSA, MAS A FOTOGRAFIA PERMANECE GUARDANDO AS MELHORES RECORDAÇÕES DOS HOMENS. ATRAVÉS DA IMAGEM, CONSEGUIMOS SENTIR AS IMPRESSÕES EMOCIONAIS QUE TRANSCENDEM NO TEMPO.

 

Por: Lima Sousa – Fotos: Luís Claudio

Quem poderia imaginar que a ausência das pessoas amadas pudesse ganhar uma nova versão?! Na linguagem dos sentimentos, a morte é compreendida culturalmente pelo medo que desperta nos seres humanos antes mesmo de se aproximar. Apesar de mal encarada, estampa versões peculiares que tratam de assustar a qualquer pessoa que se dê o trabalho de pensar nela. 9v9a0324Uma das representações mais esquisitas, pra não dizer famosa, é a figura do ceifeiro de manto preto com capuz e foice na mão. Em poucos segundos, a cena é capaz de espantar a paz, do rico ao pobre, do branco ao negro, do belo ao feio, entre outros títulos.

Fica entendido sobre essa conversa que ninguém foi educado para lidar com a triste realidade da morte, tampouco, a cultura ocidental ensina como fazer isso da melhor maneira, – quanto mais superar a perda de um ente querido.

Mesmo contra a nossa própria vontade, cedo ou tarde, qualquer um de nós terá de viver o inevitável. Porque basta estar vivo para partir dessa vida. Não tem desculpas. Pior, não tem escapatória. A hora chega para todos. Somos surpreendidos constantemente pela sua ação repentina que acomete um pai de família acidentalmente, o idoso que foi atropelado na avenida, a mulher que sofreu violência doméstica e veio a óbito, e, em outros casos, quando decide ser menos violenta, a ‘morte natural’ não ficou para muitos; isso porque ela não avisa o dia, nem a data, e muito menos o horário de chegada. Quem tem ânsia de viver que viva o ‘agora’! A morte não se comove a rogativas.1

Por esse motivo, a fotografia assume uma tarefa ímpar na história de pessoas que mantêm o hábito de fazer o álbum de fotos, de preferência, – o álbum de família. Nessa hora ninguém quer deixar passar nada em branco, nem mesmo o choro do neném ao nascer durante o parto. Tudo vira um motivo pra fazer aquela foto ficar “top”. Pra isso, o Photoshop (Lightroon) dá uma mãozinha na hora de caprichar na imagem. O programa é um forte aliado dos profissionais da fotografia quando decidem fazer reparos, edições e até manipulações.

Já é possível com o auxílio do aplicativo projetar a imagem de falecidos nas fotografias. Como assim? Por meio das técnicas de projeção em que a imagem de pessoas falecidas ganha efeito realista nas fotos.

Leia mais>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s