Os Cinco estilistas da Moda Autoral Cearense

Eles configuram o disputado cenário da moda local e se destacam no que fazem de melhor

Por: Lima S. / Capa : imprensa DFB 

Coluna: Moda Local

Pode-se dizer que o mundo fashion tem seus dias de efervescência quando as salas de desfiles são montadas na capital cearense. Sim, porque a moda autoral tem seus dias de glamour. E essa festa acontece nas instalações do Terminal Marítimo de Passageiros do Porto de Fortaleza. É a hora de assistir a um espetáculo da moda nordestina que tem seus melhores dias do ano. A versão mais criativa, ou seja, o outro lado da moda mais cultural, artístico e conceitual assume sua forma no maior celeiro que promove e lança talentos no país. É o Dragão Fashion Brasil.

L.Fernandes / DFB

Um dos nomes mais importantes que configura este cenário é o do estilista Lindebergue Fernandes. Sua participação no evento completou 15 anos de atuação. No site oficial do DFB ele recebeu o epíteto de ‘hot ticket absoluto’ pela marca atingida em 2017. O designer tem o estilo único de ‘fazer moda’ e adiciona em suas criações uma abordagem que reflete regionalismo, drama e memória. Fernandes soma uma lista entre outros profissionais que fazem, de fato, a moda autoral fluir na capital cearense.

Con. dos novos / DFB

O gancho da ‘Transcendência’ foi o tema de sua coleção que estampou peças com referência eclesiástica, refletindo a imagem das freiras e dos noviços na passarela. Outra vez, o sagrado conduziu a essência do início ao fim da sua coleção que evocou uma leve lembrança do desfile de 2005, quando abordou a fé do sertanejo. Hey,Hosana nas alturas!

Sob o novo título, ‘Dragão Fashion Brasil Festival’ que comemorou 18 anos de pura festa, o evento deu continuidade pelos ares da América Latina. A edição passada teve a rota pelos destinos da Columbia e, dessa vez, o Peru traduziu a essência da ‘Alma Latina’ como tema central, resgatando o formato anterior de apresentar os desfiles em três salas ao público. Nessa hora, quem é fashionista tem a chance de assistir de perto aos Dragões da moda autoral cearense dando aquele show. Não esquecendo o ‘Concurso dos Novos’, que traz estudantes das universidades de todo o Brasil.

Leia mais>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Anúncios

É De Comer Rezando

Um jeito de ‘Fazer’ doce totalmente diferenciado e que vai além da mesmice do dia a dia

Por: Lima S. / Fotos: Aldair Pereira

Coluna: É Tudo de Boom!

Creio que você já ouviu falar dos docinhos finos “De Comer Rezando”. É isso mesmo que você terminou de ler com todas as letras. Quem faz? O nome dela é Isabel Almeida, a filha da Dona Socorro e Mãe do Theo. Apaixonada por tudo que se relaciona a doces, ela encontrou a forma de ganhar dinheiro dentro de casa no que mais ama fazer na cozinha: tortas, brigadeiro e outras guloseimas. Uma prática doméstica que foi sumindo aos poucos do costume de muitas mulheres após conquistarem o mercado de trabalho. Não foi o caso da Isabel, que viu a chance de explorar o seu talento e teve a ideia de transformar o hobby em negócio. Ela descobriu que tinha jeito pra coisa e viu que a arte de fazer doces sob encomenda poderia lhe trazer retorno. Fato que se comprova com a doceria caseira que faz um enorme sucesso de vendas pela internet.  É a ‘De Comer Rezando – Doces Finos’, especializada em doces gourmet e feitos com ingredientes nobres.

“A qualidade dos doces faz jus à marca. São doces finos, feitos com muito capricho. O atendimento é feito pela proprietária da marca: rápido, gentil e cumpre prazos e qualidade. Estou na minha sexta encomenda e indico sem pestanejar! Os doces de churros, banana e morango são meus preferidos… O Brownie e os bolos de pote…nossa! Deliciosos, desmancham na boca! Literalmente é De Comer Rezando!!! Super indico”, diz LuannaTayrine.

O prazer de adoçar a vida das pessoas é feito com as próprias mãos da Isabel e de sua mãe que auxilia a filha na cozinha. Juntas incentivam um estilo que não é novo, mas que vem ganhando força nos últimos tempos. É o trabalho doméstico feito com as próprias mãos. E se depender da dupla, mãe e filha, a coisa só tende a crescer cada vez mais; Isso porque a doceria caseira pegou pra valer desde quando se lançou na internet. Ninguém resiste ao visitar a página do facebook e do instagram. É uma explosão de doces de crescer os olhos. Quem não nos deixa mentir são os próprios clientes que curtem o perfil nas redes sociais. 

“É a minha segunda vez que faço encomendas no ‘De Comer Rezando’ e fico satisfeita com o sabor, a estética, a pontualidade e o toque mais doce de afeto! Esse trabalho eu indico de olhos fechados e de boca aberta….saboreando sempre! Parabéns, D. Socorro e Isabel Almeida! É de comer rezando mesmo”, diz Zuleica Araripe.

Um jeito de ‘Fazer’ doce totalmente diferenciado e que vai além da mesmice do dia a dia. Isabel dá aquele toque especial que foge das grandes docerias e que só ela e a mãe têm o segredo. A gratidão é palavra mágica que ambas recitam enquanto estão na cozinha fazendo os doces finos para encomenda. A estética usada cria todo um cenário que se compõe de decoração, flores, lacinhos e até caixas personalizadas do tipo ‘GRATIDÃO’ e ‘TPM ALÍVIO’ – uso oral; Querendo ou não, são detalhes que fazem toda a diferença quando se quer vender e principalmente conquistar clientes. A dupla mal chegou ao mercado dos doces e já se mostra expert no assunto desde quando se lançaram em 2016.

Leia mais >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>