A essência de Hyago Rocha Artesanando o Nordeste

Por: Lima Sousa – Fotos: Acervo

A essência cearense é retratada na microcoleção de Hyago Rocha. O estudante cursou modelagem técnica e vestuário no Senai CFP Ana Amelia Bezerra de Menezes e Souza.

Foi buscando a inspiração em suas raízes que ele criou o seu primeiro trabalho o qual revela os elementos do lugar onde nasceu. ‘A terra da luz’ emprestou ao jovem a riqueza do artesanato e da matéria-prima na construção da ideia cujo título ‘Artesanando o Nordeste’ inspira uma homenagem à cultura local. Ele utilizou Juta, fibra de coqueiro e até cordão de rede, que passaram por vários testes e só depois de transformados ganharam o design de suas peças.

O Amor às origens levou o estudante aos palcos do SENAI Brasil Fashion em 2016, após ter passado por várias etapas de seleção.  O evento é uma realização do ‘SENAI CETIQT’, que tem o objetivo de revelar os novos talentos da moda para os grandes especialistas do setor no país.

Hyago viveu uma espécie de Big Brother ao lado de 12 selecionados que receberam, incluindo ele, o valor de R$ 5.000 mil reais para a produção das peças no desfile que aconteceu no estado de Brasília em paralelo com a ‘Olimpíada do Conhecimento 2016’. A boa notícia dessa história é que não há perdedores. Todos eles ganharam a oportunidade de lançar uma proposta criativa para os Líderes da moda brasileira e somaram uma rica experiência no curriculum profissional. Hyago apresentou 3 looks com o toque da tendência artesanal e teve uma das peças desfilada pela modelo Ana Claudia Michel na abertura; o que mais ele pode querer depois dessa, senão continuar erguendo a bandeira da Moda Cearense para o restante do Brasil, e, quem sabe, para o Mundo? Pra quem só está começando, ele já deu um grande salto na carreira.  Agora, o que vem pela frente são cenas dos próximos capítulos.

“A minha intenção foi evidenciar a moda nordestina no SENAI Brasil Fashion. Eu quis transmitir a moda cearense na coleção e representar as minhas referências desde a infância; de alguma forma, eu tentei mostrar que no Ceará também se faz moda e que aqui tem muita coisa boa”, comenta Hyago Rocha.

Hyago não economiza a produção quando quer aparecer, pelo menos, até o que conseguimos notar. O seu estilo pessoal já tem um perfil traçado que marca a presença constante de um chapéu preto grande e óculos redondos, estilo hippie, cuja tendência foi febre nos anos 60, muito usado pelos idealistas da época “Flower Power”.

A despeito do estigma que estampa, ele não esconde que tem um humor oscilante e se declara apaixonado pela Moda e por músicas bregas. Com apenas 18 anos,ele se mostra autêntico nas suas preferências. E, quando se trata de moda local, o seu gosto em particular se inclina mais uma vez para as suas raízes. A musa da moda no Ceará, Lenita Negrão, é um dos nomes que enriquece a sua paixão. Logo depois, quem completa a sua lista de favoritos são os estilistas Alexandre Herchcovitch e o britânico Alexander McQueen como os seus queridinhos; ou seja, um time de ponta onde se encaixam as melhores personalidades da esfera fashion.

“Percebi que era apaixonado por moda quando passei a escolher as minhas próprias roupas aos 12 anos. Eu já tinha um estilo diferente e as pessoas achavam estranha a forma como me vestia, mas eu não dava tanta atenção para os comentários delas”, comenta o estudante.

Como todo mundo sabe, a maior fonte de inspiração muita das vezes nasce dentro de casa. Com o Hyago não poderia ser diferente. Desde cedo, recebeu a influência da mãe Maria Fabiana,que é costureira,e o pai Erivaldo Rocha,que é serígrafo. Ambos não pouparam até hoje o apoio que o filho precisou. O casal representa para ele a soma de uma combinação mais que perfeita. Querendo ou não, o mocinho já tinha uma dupla afiada a quem puxar e a partir dela segue construindo a própria carreira. Até então, ao que parece, a escolha profissional não é mais um motivo de preocupação e muito menos de dor de cabeça, – pra ele, não. Quem assistiu ao seu desfile no ‘SENAI Brasil Fashion’ tem a certeza de que o jovem fez a escolha certa. Se depender dele, já está mais que garantido continuar com a carreira que ‘promete’.

É nessas horas que a frase ‘Nunca desista dos seus sonhos’ faz tanto sentido na vida de qualquer ser humano. No caso de Hyago, que vive sobre os efeitos dos momentos que passou ao lado de Alexandre Herchcovitch, Lino Villaventura e Ronaldo Fraga,além de ter sido orientado por ninguém mais que Lenny Niemayer, o faz pensar que a ficha ainda não caiu –, mesmo depois de alguns meses do evento tendo se passado. 

Cada profissional auxiliava três estudantes no projeto. A Lenny Niemeyer foi uma mãe enquanto nos orientava. Ela nos ajudou com os materiais do próprio ateliê dela e fazia tudo que estivesse ao seu alcance para os alunos. Eu adorei o convívio com a Lenny. Ela realmente é um amor de pessoa”, diz o estudante Hyago Rocha.

E tem mais. As atrações continuam em sua rotina que anda de vento em popa. Neste mês de março, o estudante se prepara para a colação do curso técnico no SENAI e já adianta que vai ingressar na faculdade para se aperfeiçoar e criar a própria marca. É muito glamour! Anotem esse nome: Hyago Rocha.

Revisado por: Juliana Nascimento (Olhos de Lince) /Agradecimentos: Studio Colibri por: Valne Colibri/ Buffet Fino Sabor: Ru : J. da Penha – nº 42 – Centro.

Anúncios