O Que ‘Eles e Elas’ Pensam sobre o Portal Moda e Arte

Por: Lima Sousa – Capa: Valne Colibri

As pessoas mais “cool” do cenário cearense falam o que pensam sobre o blogue Portal Moda e Arte.

Estante Cultural

No mundo da moda não basta simplesmente ter. Acima de tudo, é preciso ser. Sobre todos os símbolos e códigos que ela representa. Principalmente, quando se entende moda para além dos rótulos. Por esse motivo, selecionamos, de A a Z, as principais personalidades ligadas no assunto para falar o que pensam do blogue no cenário local. Saiba quem são as faces e fique por dentro do que eles e elas pensam, de fato, do Portal Moda e Arte. Gente top!

“Vejo o Portal Moda e Arte como um instrumento válido de acesso virtual à Cultura, pois conversa com as mais variadas áreas do cenário artístico cultural e apresenta matérias repletas de identidade e de informações relevantes. A escolha dos convidados parece-me muito bem estudada e a pauta das entrevistas mostram-se consistentes e convidativas. É de suma importância o ato de mantê-lo ativo, pois agrega muito valor ao cenário cultural e artístico da cidade de Fortaleza, que se apresenta no momento carente de iniciativas como essa, que levam informação com credibilidade de uma maneira leve, descontraída, porém, muito bem pensada e planejada”, diz Maria Daniele Gomes – Designer de Moda/ Professora Técnica e Universitária e Conselheira do Fórum Permanente de Moda de Fortaleza.

“O Portal Moda e Arte surge no cenário midiático da cidade com uma visão inovadora e diferenciada, trazendo a informação com um toque de conversa informal que deixa o assunto fluir de forma espontânea e atrativa, como numa conversa entre amigos. Em verdade, não seria de outra forma, uma vez que o jornalista Lima Sousa tem uma maneira toda especial de realizar o seu trabalho. Trabalho que tem deixado sua marca, divulgando a arte, o estilo, as tendências atuais e os espetáculos mais interessantes, enfim, os assuntos culturais mais relevantes que movimentam a nossa cidade, que vive um dos seus momentos mais vívidos de efervescência cultural. Parabéns pelo tempo que se completa, e todo empenho dedicado nessa área da informação. Que essa experiência seja o coroamento de um novo ciclo que se renova, com novas ideias e muito sucesso”, diz Zeh Ribas, Artista Visual e Poeta.

“No mundo contemporâneo é impossível ignorar a importância da internet na nossa vida cotidiana, contudo, me preocupa que essa ferramenta, que tem um forte potencial na difusão da diversidade e da pluralidade, esteja ocupada por conteúdos repetitivos e de pouca profundidade. No geral, os blogues de moda e as influenciadoras digitais foram se transformando em meros veículos de propaganda, reduzindo a moda ao consumismo. Nesse contexto, o Portal Moda e Arte é um presente para o público que curte um conteúdo de moda mais abrangente, pois coloca a moda no lugar que ela merece, ao lado das artes e como instrumento de agitação cultural. O blogue resgata a moda insurgente, como aquela que Chanel inaugurou quando abandonou as roupas pomposas e desconfortáveis, dando lugar a modelagens mais compatíveis com a vida da mulher moderna”, diz Mayara Magalhães, Socióloga e Produtora Cultural.

Leia mais >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Anúncios

O Portal Moda e Arte lança a fragrância Torre 21 In The Air – 15 Ml com exclusividade para os seguidores.

Por: Lima Sousa – Fotógrafo – Luis Claudio

Quem é fã de perfume vai ter mais um motivo pra não perder a mania de colecionar aromas. Isso por que o Portal Moda e Arte está lançando a fragrância Torre 21 In The Air-15 ml. A essência tem um perfume doce, cítrico e suave, com ação rápida que desperta a ousadia e a natureza criativa de ambos os públicos. Para entrar em cena basta apenas algumas gotas do perfume e revelar o seu lado versátil. Use e surpreenda-se.

“A ideia do perfume era algo que já estava nos meus planos. No começo a minha intenção era fazê-lo com mais acabamentos, mas fui observando que a ideia não queria mais esperar e muito menos continuar guardada na gaveta. 9v9a0387Foi aí que ao ter pensado nos detalhes fui aos poucos dando forma ao que queria verdadeiramente. Em breve o Torre 21 In The Air terá outros mimos para agradar ao público. Nesse momento quero estudar a fase experimental da ideia. É importante saber como o meu público vai aceitar a novidade e só depois vou seguir com os ajustes. Digamos que agora é uma fase de ‘degustação’. É só uma questão de tempo. Vamos ver!”

O Torre 21 In The Air é portátil e por isso cabe em todo tipo de bolsa. Você vai poder levar esse aroma durante 24 horas por dia aonde for. Não há frescor igual para traduzir melhor a autoestima feminina e masculina. Sua presença vai despertar novas sensações. Você vai sentir a magia da liberdade no ar e explorar mundos desconhecidos.

Leia mais >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Em retal final – A ‘Coleção Airton Queiroz’ que reúne cinco séculos de história está prestes a encerrar no Espaço Cultural Unifor.

Por: Lima Sousa – Fotos: Aldair Pereira

A coleção ‘Airton Queiroz’, que teve início no dia 16 de junho, tem mais algumas semanas no Espaço Cultural Unifor. Quem ainda não teve tempo para visitar a riqueza da exposição Airton Queiroz é melhor se apressar porque a amostra está com os dias contados. Mas antes, um conselho de amigo pra quem quer mergulhar em cinco séculos de história. Reserve no mínimo quatro dias da sua vida e marque na agenda pra não se esquecer. Por lá, você vai encontrar cinco núcleos de arte onde estão divididas as 251 obras de arte em cada sala. Você não vai perder a chance de ver as raridades da arte brasileira e estrangeira em solo nordestino, vai?! Então, programe logo na sua lista porque os dias estão se passando num piscar de olhos. Garanto a você que não vai ter tempo de se arrepender. Aposte!

A exposição tem um caráter pedagógico muito forte e conta com a mediação de estudantes da universidade preenchendo a visitação com muitas informações a respeito da vida dos artistas e de suas obras. A coleção é um marco para as artes em todo o estado por apresentar pela primeira vez uma coleção particular e que não estava disponível à visitação pública, diz Thiago Braga, coordenador da divisão de arte e cultura da Unifor.

A curadoria da exposição é formada por um trio competente composto por Fábio Magalhães, José Roberto Teixeira, Max Perlingeiro, além do olhar perspicaz do próprio colecionador cearense Airton Queiroz. Um quarteto responsável para administrar um total de 251 obras de arte dos mais importantes nomes das belas artes brasileiras e estrangeiras. Um volume considerável de chamar atenção aos que desejam fazer uma viagem na história do Brasil Holandês aos dias atuais. É arte que não tem fim. Você acha que consegue dá conta de tudo em apenas um dia? Muita calma nessa hora porque a visitação vai até o próximo dia 18 de dezembro. 

Leia mais >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

MASTERCLASS, sim, senhor! O ator global Chico Diaz fala do ‘processo criativo do ator no audiovisual’ no aniversário da escola Porto Iracema das Artes, em Fortaleza.

Por: Lima Sousa – Fotos: Aldair Pereira

O clima happy birthday to you invadiu a escola Porto Iracema das Artes com grandes atrações desde o dia 10 do mês de agosto e se estende até o dia 10 de setembro, em comemoração aos três anos de sua atuação no cenário artístico-cultural de Fortaleza. ald_5097A escola foi lançada pelo Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura no dia 29 de agosto do ano de 2013 e, desde que surgiu promovendo cursos de formação gratuita, tem revelado grandes talentos entre os jovens artistas da capital cearense. Em nota, no website oficial da escola de formação e criação do Ceará, afirma a diretora Bete Jaguaribe a seguir:

“Estamos num processo de amadurecimento, convivendo nestes três anos com experiências transformadoras. O Porto se estabelece como um lugar extraordinário em que grandes artistas e jovens iniciantes partilham suas poéticas, em processos de grande potência criativa”, conclui.

O espaço é um verdadeiro instrumento de criação e produção para as linguagens artísticas e permite aos novos talentos a oportunidade de se aprimorar através do conhecimento técnico. Entre os cursos mais disputados pela escola estão as artes visuais, teatro, dança, dramaturgia e produção audiovisual. E, por falar em produção audiovisual, ninguém melhor que o ator mexicano-brasileiro Chico Diaz para homenagear o momento.

ald_5137A grande atração da noite foi recepcionada pela diretora da Escola de Artes, Bete Jaguaribe, o atual secretário da cultura do Estado Fabiano dos Santos Piúba e, sem dúvidas, pela plateia animada de artistas que recebeu o ator com uma calorosa salva de  palmas. Todos voltados atenciosamente para o Masterclass da noite sob a direção do ator global que abordou o tema “O processo criativo do ator no audiovisual”, uma conversa direcionada para as práticas do ator no audiovisual.

“No momento que temos uma fortuna ímpar para a nossa sociedade, ao mesmo tempo vemos uma desvalorização total na formação e no ofício em si”, diz o ator Chico Diaz ao Portal Moda e Arte.

Masterclass, sim, senhor! Chico Diaz é dono de uma enorme bagagem de experiência na carreira artística pra dar e vender. Não obstante, no palco da dramaturgia o artista tem o seu currículo recheado com trabalhos realizados na televisão e no cinema brasileiro. Um dos mais recentes foi na novela Velho Chico, onde interpretou o retirante valente Belmiro dos Anjos, personagem que acaba morrendo antes do fim da trama. Ao todo, são trinta novelas incorporadas na televisão com personagens marcantes em sua lista curricular.

Leia Mais>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

A febre do universo ‘Cosplay’ ganhou lugar na vida de milhares de adolescentes espalhados pelo Brasil e inspira uma segunda identidade fictícia no comportamento dos fãs.

Por: Lima Sousa 

Fotos de entrevista: Aldair Pereira/ Fotos Cosplayers – Anderson Rocha  

É das revistas de quadrinhos mangás aos clássicos do desenho animado que ganham vida os famosos personagens fictícios no mundo Cosplay. A origem do termo em inglês origina-se da junção das palavras costume (fantasia) e roleplay (brincadeira ou interpretação).

O ato de se fantasiar não é algo exclusivamente do cosplay. Nós temos no Brasil o ‘carnaval’ como o maior festival onde as pessoas se fantasiam e ganham as ruas com os personagens de outros países ou de sua própria cultura, o que, a grosso modo, apresenta certa semelhança com a cultura cosplay, diz o psicólogo Dário Júnior.

Os cosplayers, como são chamados os jovens que se caracterizam de personagens de livros, games e séries de televisão, estão espalhados ao redor do mundo incorporando um figurino mega produzido que pode ser visto nos grandes eventos promovidos por algumas cidades do Brasil; entre eles, destacam-se os gêneros Anime Friends e AnimeCon, criados na cidade de São Paulo, e o SANA – Super Amostra Nacional de Animes, realizado na cidade de Fortaleza. ALD_1472A amostra que acontece duas vezes no ano é sucesso a cada edição e contou neste semestre com a grande atração da cantora japonesa Yumi Matsuzawa. Já é a segunda vez da celebridade no festival, tendo participado na última vez em julho de 2008.

De início, quando a caracterização de personagens orientais e ocidentais dava os primeiros passos por aqui, eventos como o ‘Animencontro’, em Curitiba, e ‘BH Anime 99’, na cidade de Belo Horizonte, foram os precursores do movimento Cosplay, ambos sem fins lucrativos. Graças a eles foi possível o universo dos personagens de desenhos animados fazer parte da realidade de milhares de crianças, adolescentes e jovens no Brasil.

Pelo visto, a ideia ganhou força com os eventos que são promovidos anualmente nessas cidades e trazem uma variedade de atividades ao longo da programação.  Entre elas estão presentes amostras de painéis, workshops, exibições de vídeos, campeonatos, concursos, novos talentos e sem falar nas celebridades convidadas e shows de bandas com repertório típico do universo cosplay, como Animes Song e Game Song.

mont copy
Cosplayer: Débora Vieira

Para tanto, a boa notícia dentro desse universo são as chances de ganhar dinheiro (além da mesada dos pais… rsrs) com as premiações nas edições lançadas. Com o sucesso dos canais de animes no Youtube, transformando jovens em estrelas do mundo digital, foi possível a participação dos cosplayers em concursos e competições durante os eventos, além de garantir destaque na mídia e ao mesmo tempo ganhar financeiramente com a produção dos personagens (cosmaker).

Já se imaginou sendo um personagem de Hogwarts da Escola de Magia e Bruxaria da série Harry Potter, de J. K. Rowling?ALD_1547  Uma segunda identidade fictícia pode até parecer fácil de encarar, mas não é tão simples como muita gente acredita. A cosplayer cearense Débora Vieira, 19 anos, confirma o difícil processo de produção da fantasia do seu personagem Poppy do League Of Legends, em tempos de preparação para o SANA. Foram necessários dez dias para a produção da roupa e acessórios da pequena ‘Guardiã do Martelo’, como é chamada sua personagem. Para Débora, a possibilidade de se caracterizar por um dia de ‘Poppy’ é mais que simplesmente gostar, é ter a sensação de viver na pele o seu lado heroína por um dia.

Leia Mais >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>